A água é um elemento tão essencial e trivial para os seres humanos que, talvez por isso, muitos de nós pensamos que água potável e água pura são exatamente a mesma coisa.

Mas não são! Esses termos têm significados diferentes embora normalmente sejam entendidos como sinônimos de saúde, bem-estar e ideais para o consumo humano.

Na verdade, existem diferenças sutis, particularmente químicas, que determinam o que é água potável e o que é água pura.

Neste texto, o Grupo FUSATI – uma empresa que há quatro décadas desenvolve soluções residenciais, comerciais e industriais para o tratamento de água – apresenta as definições, propriedades, usos e as características que diferenciam as águas potáveis e puras.

O Que É Água Potável?

Para este esclarecimento, vamos adotar a definição da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

A OMS estabelece que água potável é aquela utilizada para beber, cozinhar, preparar refeições e para a higiene pessoal. E para todas essas necessidades, a água deve ser totalmente livre de agentes patogênicos e de altos níveis de substâncias tóxicas.

Ou seja, aqui estamos falando daquela água de uso diário. Aquela que inicialmente é captada de rios, lagos e poços, depois tratada, higienizada e desinfetada nas Estações de Tratamento de Água (ETA) e, finalmente, distribuída à população por meio das redes públicas de abastecimento.

Em suma, é a água que chega às torneiras, chuveiros, registros e outros dispositivos hidráulicos das casas, lojas, empresas, indústrias e outros tantos estabelecimentos. Mas que, tristemente, não é tão corriqueira assim pelo mundo afora.

De acordo com a ONU e a UNICEF, aproximadamente 2,1 bilhões de pessoas ao redor do globo não dispõem de água potável em casa.

No Brasil, o problema atinge cerca de 5,5 milhões de habitantes das 100 maiores cidades do país, segundo dados do Instituto Trata Brasil.

A falta de acesso à água potável no mundo contribui com o aumento de doenças e dos índices de mortalidade infantil, com a deterioração das condições sanitárias e o agravamento de inúmeros problemas sociais.

Cabe ressaltar que, embora não ofereça riscos de contaminações e doenças, a água potável possui em sua constituição química doses mínimas de microorganismos (que não provocam males à saúde) e os necessários eletrólitos – minerais que são essenciais para o bom funcionamento do corpo humano.

Os eletrólitos são substâncias químicas – íons como cálcio, potássio, sódio, magnésio, fosfato e outros – que garantem o equilíbrio hidroeletrolítico (entre cátions e ânions) do nosso organismo.

Exemplo dessa importância: quem faz exercícios físicos extenuantes por mais de uma hora, não perde apenas líquidos, mas também elimina os eletrólitos através do suor.  Por isso é que, após treinos e atividades físicas, os atletas costumam fazer a reposição desses eletrólitos ingerindo bebidas isotônicas.

Padrões Nacionais de Potabilidade da Água

Os parâmetros brasileiros que definem o que é água potável estão presentes no Anexo XX da Portaria de Consolidação Nº 5, do Ministério da Saúde (MS), de 28 de setembro de 2017.

O Que É Água Pura?

O entendimento de “o que é água pura” é alvo de divergências.

Mas ao pé da letra, e sob a ótica química, água pura é somente aquela que cuja composição inclui duas moléculas de hidrogênio e uma de oxigênio (H₂O). E nada mais do que isso.

Quer dizer, sob essa perspectiva inflexível é um tipo de água que só pode ser obtida em laboratórios, por meio de processos como destilação e deionização (água sem íons).

Essa água, portanto, é isenta de qualquer substância que não seja hidrogênio e oxigênio. Sendo assim, também é isenta dos benéficos eletrólitos.

Isso significa afirmar que a água pura não satisfaz as necessidades minerais do nosso organismo. Portanto, não é recomendada para a ingestão já que, provavelmente, não vai saciar a sua sede e muito menos repor os sais minerais necessários ao corpo.

Por ser totalmente livre de impurezas, a água pura é ideal para ser utilizada em análises laboratoriais e em rotinas industriais como, por exemplo, a geração de vapor, de energia elétrica e processos de esterilização em autoclaves.

Filtros Centrais Residenciais, Comerciais e Industriais

Hoje, os Filtros Centrais FUSATI são a solução mais prática, moderna e segura de se garantir a oferta de água potável em residências, condomínios, lojas, empresas e indústrias.

Filtro de Água Central • Residências, Condomínio, Prédio, Residencial e Empresas • FUSATI • Tratamento de Água

São dispositivos que, instalados após o hidrômetro, executam o tratamento complementar da água proveniente das Estações de Tratamento de Água (ETA) mantidas pelos municípios.

Além de fazer uma espécie de ‘pente fino’, retirando partículas suspensas e outras substâncias que driblaram as fases de limpeza e desinfecção da água nas ETAs, o Filtro Central FUSATI também pode ser adaptado para se tornar uma unidade decloradora. Ou seja, capaz remover o excesso de cloro que é utilizado como agente biocida durante o tratamento da água.

Mas o Filtro Central Também É Eficiente Em Áreas Onde Não Há Redes De Abastecimento.

Quer um exemplo? Em regiões abastecidas por água de poços artesianos, ele promove a filtragem de metais comumentes presentes nas águas subterrâneas – como ferro e manganês – que podem ser nocivos à saúde humana ou provocar transtornos e prejuízos diversos como a formação de incrustações nos canos, manchas nas roupas e a proliferação de bactérias.

Os Filtros FUSATI são construídos em aço inox, funcionam sem energia elétrica e são dotados de sete camadas filtrantes de quartzo, mineral que é um poderoso e eficaz elemento filtrante.

A alta performance sanitária da linha de Filtros FUSATI é resultado de quatro décadas de estudos, tecnologia e conhecimento no desenvolvimento de unidades filtrantes para atender diferentes tipos de demandas de água potável.

Estações de Tratamento de Água (ETA)

A excelência da FUSATI também é pontuada no segmento de Estações de Tratamento de Água (ETA) pressurizadas, compactas e modulares.

Estação de tratamento de água de reuso FUSATI Industrial

Somos especialistas na elaboração de projetos e na instalação de ETAs customizadas que atendem demandas hídricas particulares de indústrias, hotéis, escolas, shoppings, hospitais, frigoríficos, lavanderias (domésticas ou industriais), condomínios (residenciais e comerciais), clubes, spas e outros negócios.

Tratamento de Água para a empresa Riber KWS Sementes – Patos de Minas – MG

No ambiente industrial, as ETAs FUSATI se consolidaram como equipamentos indispensáveis para garantir a segurança e continuidade do fluxo produtivo.

Nossas estações de tratamento se tornaram sinônimos de confiança no fornecimento de água apropriada. Mas também de sistemas ambientalmente sustentáveis, já que são geradores de água de reúso – recurso que pode ser empregado em diversos processos e ações fabris.

A água tratada e potável fornecida pelos equipamentos FUSATI atende mais de 50 mil clientes espalhados pelo Brasil.

Fale com a gente!

Consulte o Grupo FUSATI

Telefone/WhatsApp: (19) 3301-6660

Sumário
Qual é a diferença entre água pura e água potável?
Nome do Artigo
Qual é a diferença entre água pura e água potável?
Descrição
A água é um elemento tão essencial e trivial para os seres humanos que, talvez por isso, muitos de nós pensamos que água potável e água pura são exatamente a mesma coisa.
Autor
Publicado por
FUSATI
Marca
Podemos ajudar! Fale com um especialista em Tratamento e Filtros de Água.